Due to an increase in demand, you may experience delays with Live Support. If you're having trouble signing in, please view this guide.
Pesquisar
Declaração geral sobre forks, airdrops, e a adição de novas criptomoedas
Quaisquer anúncios sobre forks, airdrops e a adição de novas criptomoedas serão comunicados em nosso blog e Twitter.
A Kraken não realiza promessas, fianças ou garantias quanto aos resultados de forks ou airdrops (potenciais ou propostos), assim como nenhuma promessa sobre a adição de novas criptomoedas em geral.
Os clientes não devem presumir que a Kraken listará forks, airdrops ou outras criptomoedas.
Se você quiser participar em um fork ou airdrop, por favor faça a retirada da criptomoeda em questão para sua própria carteira privada bem antes do prazo final. A Kraken não é um serviço de carteira.

O que são forks?

Há dois tipos principais de forks:

1. Consensual

Os forks consensuais são mudanças no protocolo que foram planejadas e aceitas pela comunidade sem conflitos significativos. O objetivo é que todos mudem para a nova chain e deixem de usar a antiga. Entretanto, a antiga chain pode ainda perdurar caso alguns mineradores continuem a minerá-la.
Exemplo: a Monero teve uma atualização de rede programada em 6 de abril de 2018. Embora quase toda a comunidade tenha ido para a nova chain, alguns continuaram usando a antiga e ela ficou conhecida como Monero Original. Entretanto, a Monero Original não cumpriu os requisitos para ser listada na Kraken.
Outro exemplo de uma mudança de protocolo programada foi o hard fork da Ethereum, "Constantinople".
Política da Kraken: em geral, atendemos a nova chain em forks consensuais e descontinuamos o uso da chain antiga. Os saldos nas contas são convertidos para a nova chain e os fundos na antiga chain deixam de estar acessíveis aos clientes. Se por qualquer motivo você quiser continuar a ter acesso a antiga chain, sempre recomendamos que você faça a retirada da criptomoeda antes do fork.

2. Não consensual

Os forks não consensuais acontecem quando há um grande desacordo sobre a direção da mudança em uma criptomoeda ou da mudança proposta para o protocolo, e até mesmo sobre a falta de mudanças no protocolo. Em um fork não consensual, as chains antiga e nova são mantidas pela comunidade e competem pela liderança e pela marca.
Exemplos: Ethereum vs Ethereum Classic, Bitcoin vs Bitcoin Cash, Bitcoin Cash vs Bitcoin SV.
Política da Kraken: evitamos tomar um lado e preferimos aguardar o desenrolar do processo. Os recursos associados a moeda antes do fork continuarão com a chain que for mais bem-sucedida. Ou seja, aquela que tiver o maior hash power e confirmações de blocos. Não podemos garantir suporte para a chain que for menos bem-sucedida.

O que são airdrops?

Os airdrops ocorrem quando os fundadores de uma nova moeda decidem oferecê-la para os possuidores de alguma outra moeda como forma de promoção.
Política da Kraken: não temos controle sobre quais airdrops são enviados para nossas carteiras corporativas enquanto custodiamos os seus recursos. Para transferirmos um airdrop, precisamos antes dar suporte para a referida criptomoeda em nossa exchange. Entretanto, a grande maioria dos airdrops são de criptomoedas que não atendem os requisitos para serem listadas. O único airdrop no qual participamos até hoje foi da StellarLumens (XLM). Mesmo que no futuro venhamos a dar suporte a uma criptomoeda que realizou um airdrop, caso ela não cumpra os nossos requisitos para ser listada, não somos obrigados a creditar os airdrops que ocorreram ou ocorrerão.